Reconciliar-se com os adversários…

Quando Jesus recomenda reconciliar-se o mais depressa com o adversário, não é somente com vistas a apaziguar as discórdias durante a existência atual, mas evitar que elas se perpetuem nas existências futuras. Não saireis de lá, disse ele, enquanto  não houverdes pago até o ultimo ceitil, quer dizer, satisfeito completamente a Justiça de Deus.
                      (Allan Kardec – O Evangelho Segundo O Espiritismo)