O Argueiro e a Trave no Olho…

                             Um dos defeitos da Humanidade é ver o mal de outrem antes de ver o que está em nós.Para julgar-se a si mesmo, seria preciso poder se olhar num espelho,transportar-se de alguma sorte, para fora de si, e se considerar como uma outra pessoa, perguntando-se: Que pensaria eu se visse alguém fazendo o que faço?
                             (Allan Kardec-O Evangelho Segundo O Espiritismo).